Ilustrador Willian Santiago, vencedor do Prêmio Jabuti, morre de Covid-19 aos 30 anos

Após passar cerca de um mês internado em uma UTI de Londrina, no Paraná, o ilustrador Willian Santiago, de 30 anos, morreu na madrugada desta terça-feira, 4, por complicações da Covid-19. Willian, paranaense formado pela Universidade Estadual de Londrina, ganhou fama pelos seus traços autênticos e coloridos em capas de livro e peças publicitárias no país. Entre os nomes para os quais colaborou ao longo da carreira estão marcas como Itaú, Sesc, Natura e Havaianas. No ano de 2017, pelo livro Kidbook, ele foi vencedor do Prêmio Jabuti. “Will foi um dos maiores ilustradores brasileiros da atualidade. Seus traços são inconfundíveis e sempre serão. Seu universo, colorido, orgânico, natural, cheio de texturas transmitia o que ele mais valorizava: a alegria”, afirmou em nota a agência Labaraque Creative, responsável pela assessoria do artista. “Willian nunca será apenas parte das estatísticas para nós. E é importante dizer isso, principalmente no Brasil, onde existe um governo irresponsável que nada fez para conter a pandemia”, finalizou a nota.