Agentes penitenciários apreendem drogas em filtros de cigarros e cós de bermuda em Hortolândia


Unidades prisionais abriram procedimentos disciplinares para apurar se houve a participação dos presos. Materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Hortolândia. Cocaína apreendida estava escondida em filtros de cigarros enviados ao CPPH, diz SAP
Secretaria da Administração Penitenciária/Divulgação
Agentes penitenciários de Hortolândia (SP) apreenderam 37 gramas de cocaína e 305 micropontos de K4, droga sintética com efeito 100 vezes maior do que o da maconha, em filtros de cigarro e no cós de uma bermuda, respectivamente, na tarde desta terça-feira (30).
De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), a cocaína foi enviada ao Centro de Progressão Penitenciária de Hortolândia (CPPH) pela irmã de um dos detentos. Já as porções de K4 foram encaminhada ao Centro de Detenção Provisória de Hortolândia (CDPH) pela companheira de um dos presos.
As unidades prisionais, segundo a SAP, abriram procedimentos disciplinares para apurar se houve a participação dos presos no envio das drogas. Como consequência, os sentenciados poderão perder o benefício do regime semiaberto.
Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Hortolândia.
Porções de droga sintética foram encontradas no cós de uma bermuda enviada pela companheira de um dos detentos
Secretaria da Administração Penitenciária/Divulgação
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e Região

Veja mais notícias da região no G1 Campinas