Artur Nogueira oferece 2.020 vagas em cursos de esporte, luta e dança


Prazo para inscrição vai até quarta-feira (12). Aulas serão ser realizadas inicialmente no formato on-line. Alunos matriculados vão receber os vídeos das aulas
Ana Kézia Gomes/G1
A Secretaria de Esportes e Lazer de Artur Nogueira (SP) abriu, nesta segunda-feira (10), inscrições para 2.020 vagas em seis cursos nas áreas de esporte, luta e dança. Todas as aulas são de graça, para alunos a partir dos 7 anos.
Por conta da pandemia da Covid-19, as aulas serão inicialmente no formato on-line, a partir do dia 24 de maio. Os interessados têm até quarta-feira (12), das 8h às 16h45, para manifestar interesse. O cadastro de menores de 18 anos deve ser feito pelo responsável.
Com exceção do judô, a inscrição para os cursos deve ser feita no Ginásio Maurício Sia, que fica à Rua Marechal Floriano Peixoto, no Jardim Arrivabene. Já os interessados nas artes marciais devem procurar o dojo responsável pelas aulas, localizado à Rua Heitor Caetano, ao lado do INSS, no bairro Florindo Caetano.
Vagas disponíveis
Futebol – 500 vagas (masculino e feminino);
Futsal – 350 vagas;
Hip Hop – 120 vagas;
Judô – 400 vagas;
Vôlei – 500 vagas (masculino e feminino);
Vôlei de praia – 150 vagas (masculino e feminino);
Para os interessados no vôlei, a prefeitura informou que haverá uma turma de vôlei adaptado para alunos de até 70 anos.
Aulas e vídeo e acompanhamento
De acordo com a Secretaria, inicialmente todas as aulas serão remotas, mesclando ensinamentos teóricos com exercícios técnicos para serem feitos em casa. Os alunos receberão vídeos das aulas e acompanhamento on-line.
As aulas tem previsão de duração de um ano, mas pode haver prorrogação para até 2 anos. A duração de cada aula varia de 50 minutos a 1 hora e a frequência também pode variar, entre duas a quatro vezes na semana, dependendo do número de inscritos.
A prefeitura prevê retomar as atividades presenciais após a progressão do Plano SP, que define as regras da quarentena no estado, para uma fase menos restritiva. Na última sexta (7), o governo prorrogou a fase de transição por mais duas semanas – pelas regras, é permitido atividades esportivas e aulas com capacidade reduzida.
A fase de transição na região de Campinas permite a volta de cursos, mas as aulas presenciais das escolinhas e oficinas retornarão apenas com a evolução do Plano São Paulo.
VÍDEOS: veja tudo sobre a região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.