Campinas abre agendamento da vacinação contra Covid-19 para gestantes da área da saúde


Mulheres em até 45 dias de pós-parto e lactantes que atuam no setor também poderão receber o imunizante. Cadastro deve ser feito no site, onde será informado o horário de aplicação. Profissional de saúde aplica vacina contra Covid-19
Breno Esaki/Agência Saúde DF
ed
A Prefeitura de Campinas (SP) abriu nesta terça-feira (4) o agendamento para vacinação contra a Covid-19 de gestantes que trabalham na área da saúde, além de puérperas (mulheres em até 45 dias de pós-parto) e lactantes que atuam no setor. Ao todo, há 300 vagas disponíveis.
As inscrições podem ser feitas no site vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. Segundo a prefeitura, a aplicação será exclusivamente no Centro de Imunização Noroeste, na Rua Augusta Parreira Belinteni, s/nº (em frente ao número 240), na Vila Castelo Branco, a partir desta quarta-feira (5).
Veja que pode se vacinar hoje em Campinas
Acompanhe a evolução da imunização na região
No dia marcado, a mulher deve chegar com 10 minutos de antecedência e apresentar, obrigatoriamente, o comprovante de agendamento impresso ou salvo como imagem no celular, cartão de pré-natal (caderneta da gestante) e documento oficial com foto.
Comprovantes obrigatórios
Para profissionais de saúde, aqueles que têm uma graduação ou curso técnico na área, é necessário apresentar o Registro no Conselho de Classe e/ou outro comprovante de trabalho como profissional de saúde. Já na categoria de trabalhadoras de saúde, é preciso levar um comprovante de trabalho no setor.
Estão inclusas na categoria de trabalhadoras da saúde mulheres que atuam em hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios, drogarias e farmácias, mas não têm necessariamente uma formação na área, como trabalhadoras da limpeza, lavandeiras e cozinheiras de serviços de saúde e balconistas de farmácias e drogarias.
Serão aceitos contratos de trabalho, contratos de prestação de serviços, holerite, crachá (desde que contenha o nome do estabelecimento, nome e sobrenome da pessoa, cargo ou função), declaração emitida pelo serviço de saúde que comprove o vínculo empregatício.
Também é obrigatório levar um comprovante de endereço em nome da pessoa a ser vacinada. São aceitos contas de água, energia elétrica, telefone, gás, serviços de internet, conta de banco, conta cartão de crédito, carnê de IPTU, cartão SUS, carta INSS, entre outros.
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
r
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.