Campinas bate recorde de internados em UTI Covid e com fila de 193 pacientes no SUS


Balanço desta sexta aponta que 434 pessoas ocupam vagas de terapia intensiva; cidade tem oito estruturas livres na rede privada. Leito de UTI Covid em Campinas em imagem de junho de 2020
Reprodução/TV Globo
Campinas (SP) atingiu nesta sexta-feira (26) um novo recorde de pacientes internados em UTIs Covid, com 434 das 442 estruturas estão ocupadas. O número de pessoas em leito de terapia intensiva para tratamento da doença supera, por exemplo, o total de vagas que havia no primeiro pico da pandemia (423).
A taxa de ocupação da metrópole chegou a 98,19% já que, na prática, ainda há leitos livres na rede privada: oito vagas.
No Sistema Único de Saúde (SUS), tanto municipal quanto estadual, todas as vagas estão preenchidas. Segundo a prefeitura, dos 193 pacientes na fila, 108 são por leitos de UTI e 85 por vagas de enfermaria.
Campinas notificou mais 29 mortes de moradores por Covid-19 nesta sexta, o que eleva o total de vidas perdidas desde o início da pandemia para 2.255.
Leitos de UTI (Covid-19)
Os leitos estão divididos da seguinte forma, em números absolutos:
SUS municipal: 157 leitos, dos quais 157 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
SUS estadual: 40 leitos, dos quais 40 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
Particular: 245 leitos, dos quais 237 estão ocupados (96,73%). Há 8 leitos livres.
VÍDEOS: últimas notícias sobre a região de Campinas
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.