Campinas lança campanha de combate à fome e pede doações de comida e produtos de higiene


Cidade terá 18 pontos de recebimento dos mantimentos e distribuição a famílias será feita por 145 entidades. Prefeitura sente aumento na vulnerabilidade das famílias durante pandemia. Arrecadação de alimento e produtos de higiene será feita em 8 postos de doação, além da prefeitura e Câmara Municipal
Reprodução/EPTV
A Prefeitura de Campinas (SP) lançou nesta segunda-feira (22) a campanha Campinas Sem Fome, que vai distribuir alimentos e produtos de higiene doados para famílias em situação de vulnerabilidade. Segundo a prefeitura, 18 pontos de doação foram instalados e a distribuição aos moradores será feita pelas 145 entidades assistenciais que atuam nos bairros.
Prefeito de Campinas (SP), Dário Saadi (Republicanos) afirma que a prefeitura vê aumento na vulnerabilidade das famílias desde o início da pandemia. Uma evidência é que, apenas em uma semana, 2,8 mil famílias procuraram a prefeitura para atualizar ou fazer inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).
A primeira etapa da campanha será a mobilização de doadores. Moradores ou empresas que queiram fazer doações de cestas básicas podem ligar nos números (19) 3746-1063 (Banco de Alimentos); (19) 3735-5400 e (19) 98455-0377 (Sanasa).
Veja como colaborar com outras ações solidárias em Campinas
Quando os doadores não puderem ir a algum posto de doação, a prefeitura fará a retirada na casa ou empresa. Nos postos de doação, a entrega será drive-thru.
Em 10 e 11 de abril ocorrerão os “Dias D” da campanha, com doações drive-thru na prefeitura das 9h às 17h.
Onde doar
Administrações regionais
Banco de alimentos do Ceasa
Bosque dos Jequitibás
Lagoa do Taquaral
Mercado de Flores
Postos descentralizados da Sanasa (Barão Geraldo, Sousas, Jardim Londres, Aparecidinha e Cambuí)
Sede da Sanasa
Subprefeituras
Paço Municipal
Câmara Municipal
Doação de cestas básicas ou alimentos será feita em 18 postos
Janaína Christina/Asscom
Quem vai receber
As doações serão distribuídas para quem estiver cadastrado no CadÚnico e no aplicativo VivaVida, de Campinas. A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Vandecleya Moro, afirmou que pelo menos 30 mil famílias estão inscritas nos programas, sendo 25 mil de Campinas.
Segundo a secretária, a prioridade das primeiras doações é para famílias com crianças, pessoas com deficiência e idosos. Em seguida, a distribuição vai contemplar o restante.
As famílias cadastradas serão contatadas por uma das 145 entidades assistências que atuam nos bairros. São essas entidades as responsáveis por agendar a retirada das doações.
O cadastramento no CadÚnico pode ser feito pelo telefone 3734-2010. As inscrições também podem ser feitas pelo aplicativo de celular VivaVida. A primeira entrega das doações será feita na sexta-feira (29).
Conexão Solidária
O projeto Conexão Solidária, realizado pela EPTV, afiliada da TV Globo, traz uma relação de instituições que assistem e ajudam na prevenção de famílias carentes durante a quarentena. Veja aqui.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas