Campinas registra alta de 9,4% no emplacamento de veículos novos em março, aponta Fenabrave


Economista da PUC destaca que resultado marca sinal de reversão de taxas negativas, mas pontua que setor ainda sofre com impactos da pandemia, com exceção dos vinculados ao setor de entregas, como comerciais leves e motos, ainda em alta na quarentena. Venda de automóveis registrou aumento de 4% em Campinas (SP) no mês de março
Crédito: Divulgação Xian Caoa Chery
Campinas (SP) registrou alta de 9,4% no emplacamento de veículos novos em março na comparação com o mesmo período de 2020, segundo dados da Fenabrave, associação dos concessionários. Houve aumento em todas as categorias analisadas e apesar de ser classificado com um sinal positivo, o desempenho do trimestre mostra que o setor ainda sofre com impactos da pandemia da Covid-19.
Na comparação com os três meses iniciais de 2020, que não sofreram tantos impactos da pandemia – o início da quarentena em Campinas foi em 23 de março -, o primeiro trimestre de 2021 apresenta redução de 9,6% nos negócios.
“O primeiro trimestre ainda tem um resultado de decrescimento, mas não é generalizado. Os emplacamentos de veículos comerciais leves e motos, que têm muito a ver com a dinâmica da pandemia, que não parou com o transporte de mercadorias, tiveram alta”, destaca o economista Paulo Oliveira, do Observatório PUC-Campinas.
Já no caso dos números de março, o especialista pontua que o desempenho marca um sinal de reversão de taxas negativas de crescimento do setor.
O maior aumento na comparação com março de 2020 foi no emplacamentos de ônibus novos (142,8%). “É um desempenho bastante expressivo, possivelmente por ser uma demanda reprimida por conta da pandemia”, analisa.
Segmentos que “salvam” o trimestre, os setores que tiveram maior demanda para entregas e transporte de mercadores apresentaram bons números. A venda de comerciais leves novos subiu 46,7%; os caminhões tiveram aumento de 18,7%; e os emplacamentos de motos subiram 10,2%.
Entregador de pedidos delivery em Campinas: setor ajudou a manter em alta vendas de motos
Reprodução/EPTV
Carros
Responsável pelo maior volume de vendas, os automóveis apresentaram uma alta de 4% na comparação com março de 2020. Mas os números estão aquém dos registrados em anos anteriores, sem o impacto da pandemia.
Enquanto foram emplacados 1.298 novos carros em março de 2021, no mesmo mês de 2019 a cidade registrou a venda de 1.852 automóveis 0km.
PLAYLIST: Veja vídeos de assuntos de destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas