Com superlotação, hospital particular de Mogi Mirim informa incapacidade de receber novos pacientes


Administração do 22 de Outubro disse ter transferido recursos e equipamentos do centro cirúrgico para ala de tratamento de Covid-19, além de ter criado leitos improvisados. Unidade atende apenas por convênio. Hospital 22 de Outubro em Mogi Mirim já não recebe mais novos pacientes
O Hospital 22 Outubro, de Mogi Mirim (SP), comunicou na quinta-feira (18) que está com a capacidade de atendimento no limite e não consegue mais receber pacientes no pronto atendimento, nas enfermarias e nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).
Em nota, o hospital afirma que não há mais leitos disponíveis. Em relação a UTIs, são oito estruturas fixas e outras abertas emergencialmente — todas ocupadas. Como é particular, o 22 de Outubro atende apenas moradores com planos de saúde.
O hospital disse ainda ter transferido recursos e equipamentos do centro cirúrgico para a ala de tratamento de Covid-19, além de ter criado leitos improvisados. Além disso, informou que vai emitir outro comunicado quando retomar a capacidade de novos atendimentos.
Comunicado do Hospital 22 de Outubro sobre a suspensão de atendimentos
Reprodução/EPTV
PLAYLIST: Veja destaques da região
Veja mais notícias da região em G1 Campinas.