Covid-19: Campinas cadastra pessoas com comorbidades para receber doses sobrantes da vacina


Interessados devem ter mais de 18 anos e residir na metrópole. Diferente do agendamento, inscrição não garante a imunização e tem como objetivo evitar o desperdício do produto. Campinas cadastra pessoas com comorbidades para receber doses sobrantes da vacina
Reprodução/SMS
Campinas (SP) abriu nesta segunda-feira (10) o cadastro para maiores de 18 anos com doenças preexistentes (comorbidades) que tenham interesse em receber doses sobrantes da vacina contra a Covid-19. A inscrição deve ser feita pelo site vacina.campinas.sp.gov.br.
Segundo a Secretaria de Saúde, a inscrição não garante a imunização e é destinada aos casos em que, esporadicamente, haja um frasco aberto, com sobra da vacina, próximo ao horário de fechamento dos centros de imunização.
Para realizar o cadastro, é necessário:
Apresentar um documento oficial com foto e declaração e ou receituário médico que comprove a comorbidade (veja, abaixo, a lista de comorbidades consideradas);
Morar em Campinas;
Ter um telefone de contato para ser convocado;
Ter condições de chegar ao centro de imunização a ser escolhido em no máximo 20 minutos após ser contatado;
Preencher o cadastro de interessados com todas as informações solicitadas;
Estar comprometido em comparecer no centro de imunização apenas se for convocado, no dia e horário informado;
Se for convocado, no momento de aplicação da vacina, o interessado deverá assinar o Termo de Ciência e Aceite.
A medida foi adotada para impedir a perda de vacina e, caso o inscrito seja convocado para receber o imunizante, a segunda dose estará garantida. A pasta ressalta que as doses são restritas aos moradores da metrópole, e só serão aplicadas mediante comprovação de endereço.
Se algum dos moradores entrar no plano de vacinação em Campinas e a cidade receber doses para efetuar a imunização, a pessoa será retirada automaticamente do cadastro. Neste caso, deve ser realizado agendamento para ser vacinado da forma tradicional.
Confira abaixo a relação de comorbidades consideradas para vacinação:
Insuficiência cardíaca
Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar
Cardiopatia hipertensiva
Síndromes coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatias e pericardiopatias
Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas
Cardiopatias congênitas no adulto
Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
Diabetes mellitus
Pneumopatias crônicas graves
Hipertensão arterial resistente
Hipertensão arterial estágio 3
Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo
Doença cerebrovascular
Doença renal crônica
Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos)
Anemia falciforme
Obesidade mórbida
Cirrose hepática
HIV
Locais de vacinação
Os centros de imunização funcionam das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 18h, aos sábados e domingos.
Centro de Vivência do Idoso na Lagoa do Taquaral – Avenida Heitor Penteado, s/nº, portão 5
Escola CAIC Zeferino Vaz – Rua José Augusto de Mattos, s/nº – Parque Residencial Vila União
Casa da Criança Paralítica – Rua Pedro Domingos Vitali, nº 160 – Parque Itália
Clube Círculo Militar – Avenida Getúlio Vargas, nº 200 – Jardim Chapadão
Centro de Imunização Noroeste – Rua Augusta Parreira Belintani, s/nº, na Vila Castelo Branco
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.