Covid-19: chega a nove total de cidades da região de Campinas com 100% de ocupação em UTIs


Estado diz que Amparo, Espírito Santo do Pinhal, Itapira, Jaguariúna, Paulínia, Pedreira, Socorro, Sumaré e Valinhos estão com todos os leitos para tratamento da doença ocupados nesta quinta. Itapira foi colocada em lista do estado, nesta quinta-feira
Reprodução/EPTV
Nove cidades da região de Campinas (SP) registram 100% de ocupação nos leitos de UTI Covid nesta quinta-feira (18), segundo levantamento divulgado às 18h pelo estado. A lista tem:
Amparo
Espírito Santo do Pinhal
Itapira
Jaguariúna
Paulínia
Pedreira
Socorro
Sumaré
Valinhos
Regional de Campinas bate recorde de novas internações Covid: ‘O colapso está próximo’
Mudanças
Sete cidades estavam na relação de terça-feira, exceto Amparo (SP) e Itapira (SP), incluídas no fim desta tarde. Por outro lado, Artur Nogueira deixou a relação de municípios com ocupação máxima
Apesar de informar a lotação máxima de UTIs Covid, o governo não detalhou o total de leitos por município.
De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, no Departamento Regional de Saúde (DRS-7) de Campinas, que abrange 42 cidades, a taxa de ocupação de UTIs Covid chegou a 92,8% nesta quarta, enquanto ela era de 90,3% no dia anterior. Já o índice nos leitos de enfermaria corresponde a 78,5%, o que também representa um aumento no comparativo com os 78,1% de quarta-feira.
“A sobrecarga na rede de saúde já é uma realidade em diversos locais e os serviços do SUS esforçam-se para garantir assistência adequada e oportuna a todos. Diante do aumento das internações e do recrudescimento da pandemia, o Governo de SP reforça a importância sobre o respeito ao Plano São Paulo e as medidas de distanciamento pessoal, uso de máscaras e higiene das mãos. É fundamental neste momento que a população fique em casa, seguindo as recomendações do Centro de Contingência”, destaca a pasta, em nota.
Sobre a ampliação de vagas, o governo do Estado informa que anunciou a ativação de 12 hospitais de campanha, um deles em Campinas, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME), onde estão previstos 25 leitos de UTI adulto e cinco de enfermaria até o final de março.
Nesta quinta-feira, o Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp disponibilizou mais 18 vagas de enfermaria para tratamento de pacientes com sintomas do coronavírus. Já o Hospital Estadual de Sumaré abriu uma nova UTI exclusiva para atendimento da Covid-19 com capacidade para atender dez pacientes.
Lockdown na RMC
Campinas (SP) propôs na terça que as cidades da Região Metropolitana (RMC) adotem medidas ainda mais restritivas, como um lockdown, para conter o avanço de mortes, internações e casos de Covid-19.
Segundo a prefeitura, a maioria dos prefeitos aceitou discutir a possibilidade, mas optou por avaliar por mais dois dias os efeitos da atual fase emergencial do Plano São Paulo, os dados epidemiológicos e os índices de isolamento. Uma nova reunião foi marcada para sexta-feira (19), com possibilidade de um encontro extraordinário antes disso, destaca a administração.
Covid-19: Campinas impõe toque de recolher a partir das 20h e multa para festas, aglomerações familiares e comércios irregulares
O prefeito da metrópole, Dário Saadi (Republicanos), também não eliminou a hipótese de Campinas adotar um “bloqueio total”, mas reforçou que o lockdown seria mais efetivo em caráter regional.
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.