Covid-19: com 100% de ocupação em UTIs e enfermarias, Indaiatuba tem 45 pacientes em fila de espera


Do total de pessoas que aguardam vagas, 16 são para UTI e 29 para enfermaria. Secretária de Saúde afirmou que precisa de ‘mudança de comportamento’ da população. Hospital públicos e privados atingem 100% de ocupação em Indaiatuba
Com 100% de ocupação nos leitos de UTI e enfermaria exclusivos para tratamento da Covid-19, Indaiatuba (SP) está com uma fila de espera de pelo menos 45 pacientes com a doença na manhã desta quarta-feira (9). É a primeira vez que o município enfrenta a situação de espera por vagas desde o início da pandemia.
A prefeitura afirmou que tenta a liberação de vagas através da Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross), mas a pressão em todo o sistema público da região impossibilita as transferências. Do total de pacientes que estão na espera, 16 são para UTI e 29 para enfermaria.
De acordo com a administração, os 24 leitos de UTI e 60 de enfermaria no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC) estão ocupados. As 14 vagas de terapia intensiva e 22 de enfermaria para tratamento do coronavírus no Hospital Santa Ignês também atingiram 100% de lotação.
Outros quatro leitos alugados em cidades da região também estão todos com pacientes. Segundo a secretária de Saúde de Indaiatuba, os pacientes na fila de espera estão sendo mantidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade enquanto não conseguem uma vaga. A titular da pasta ainda informou à EPTV, afiliada da TV Globo, que o aumento das internações é reflexo do descumprimento das medidas de proteção à doença durante o feriado de Corpus Christ.
“A gente precisa da mudança de atitude da população, para que a população saiba o momento que a cidade está passando e que isso só pode ser controlado com uma mudança de atitude destas pessoas, principalmente dos jovens”, explicou Graziela Garcia.
Indaiatuba fez, na última quinta-feira (3), um chamamento de vacinação para 4 mil pessoas. No entanto, de acordo com o Executivo, metade não compareceu e afirmou que “iria viajar”. A cidade tem, até esta quarta, 22.512 casos confirmados de Covid-19 e 584 óbitos. Foram imunizadas contra a doença 91.193 pessoas.
Hospital Haoc em Indaiatuba
Reprodução/EPTV
VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas