Covid: Campinas faz pente-fino para vacinar idosos 'invisíveis' por causa da vulnerabilidade social


Levantamento identifica moradores que não têm acesso à internet ou telefone para agendamento, ou mesmo condições financeiras de se locomover até um centro de imunização; 650 já foram atendidos e há outros 300 mapeados. Campinas faz busca ativa de idosos que não foram vacinados contra Covid-19
A Secretaria de Saúde de Campinas (SP) realiza levantamento para identificar idosos que não foram atendidos na campanha de vacinação contra a Covid-19. Por conta da vulnerabilidade social, não possuem acesso à internet ou telefone para o agendamento ou mesmo condição financeira para se locomover até um centro.
Ao todo, 650 moradores nessas condições foram atendidos e pelo menos outros 300 já foram mapeados.
As ações são realizadas por centros de saúde, que fazem uma repescagem para identificar quem pode tomar a vacina e não compareceu. Ocorre até mesmo em quem mora na rua de uma das unidades. “Ouvia falar na vacina, mas não achava meio de agendar”, conta Valdir Alves Souza, de 71 anos.
No Jd. Rosália, agentes saíram às ruas para levar a imunização a quem não consegue se deslocar. Segundo Fábio Bueno, coordenador do CS do bairro, a falta de condições financeiras estão entre os principais motivos para que moradores do público-alvo ainda não tenham sido vacinados.
“Aqui identificamos pessoas idosas que tem dificuldade de pagar uma passagem de ônibus para ir até o centro de imunização”, disse.
Agentes do Centro de Saúde Rosália visitam idosos para aplicar a dose da vacina contra a Covid em domicílio
Reprodução/EPTV
VÍDEO: veja o que é destaque na região de Campinas
r
Initial plugin text
‘KIT COVID’ NÃO FUNCIONA×
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.