Covid: Valinhos cogita adotar medidas restritivas após aumento em casos e internações


Prefeitura registra alta de 41% nas internações e 66% de novos casos em 14 dias, e possui nove pacientes na fila por UTI na cidade. Foto de 2016 da Santa Casa de Valinhos (SP), que está com 100% dos leitos Covid ocupados
Reprodução EPTV
A Prefeitura de Valinhos (SP) informou nesta sexta-feira (4) que cogita adotar medidas restritivas para conter o avanço da pandemia de Covid-19. Dados apresentados pela administração mostram que houve aumento de 41% nas internações e de 66% nos novos casos da doença nos últimos 14 dias. Há nove pessoas na fila por leitos de UTI na cidade.
Segundo a prefeitura, Valinhos tem 84 pessoas internadas com suspeita ou confirmação de Covid nos dois hospitais da cidade, sendo 51 em vagas de UTI (100% de ocupação) e 33 de enfermaria (100% na Santa Casa e 39% no Galileo).
A prefeitura tem analisado a situação diariamente. Valinhos apresenta, hoje, o maior índice de leitos de UTI por 100 mil habitantes entre a média de todas as regionais de Saúde. Porém, mesmo com este alto índice, tem sido insuficiente para novas vagas por conta da velocidade, novamente, do contágio da doença no município. O Comitê irá se reunir para decidir novas ações e, tão logo as definições aconteçam, será feito o comunicado”, diz, em nota.
A administração reiterou em comunicado a importância da população em manter protocolos sanitários de distanciamento, uso de máscaras, álcool gel, pedindo que as pessoas saiam de casa apenas “em situações de necessidades essenciais”.
“As barreiras sanitárias continuam na cidade e a fiscalização também, com aplicação de multas para quem descumprir os decretos e as regras dos protocolos sanitários”, alerta a prefeitura.
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas