Decreto para formalizar sucessão na Prefeitura de Hortolândia após morte de Perugini vai à votação na Câmara nesta segunda-feira


Chefe do Executivo morreu após complicações da Covid-19 no dia 1º, após ficar dois meses internado. Vice Zezé (PL) já estava à frente do Executivo, de forma interina, desde 15 de fevereiro. Vice-prefeito de Hortolândia fala sobre morte de Perugini: ‘deixou equipe preparada’
Os vereadores de Hortolândia (SP) votam na tarde desta segunda-feira (5), em sessão extraordinária, o decreto legislativo que formaliza a sucessão na Prefeitura após a morte do prefeito, Angelo Perugini (PSD), por complicações da Covid-19. O cargo será ocupado pelo vice dele, José Nazareno Gomes, o Zezé Gomes (PL), que já estava à frente do Executivo desde 15 de fevereiro.
O texto que formaliza a sucessão será lido e votado a partir das 15h em reunião presencial, mas sem a presença de público, diz o Legislativo. O decreto tem como base um artigo da Lei Orgânica Municipal e, de acordo com a Casa, como Zezé foi empossado vice, em janeiro, não é preciso nova solenidade.
Perugini teve óbito confirmado na manhã de 1º de abril, após ficar dois meses internado na UTI de um hospital em São Paulo. O político, que teve diagnóstico positivo para Covid-19 divulgado em 1º de fevereiro pela administração, foi eleito para comandar a cidade por quatro vezes durante a trajetória.
Perugini foi sepultado na sexta-feira, em Jacutinga (MG). Ele foi casado com a ex-deputada federal e estadual Ana Perugini e deixa três filhos. Ele foi conduzido à prefeitura pela quarta vez, em janeiro, após vencer as eleições municipais de 2020 com 52,05% dos votos válidos.
Veja a repercussão no meio político
Relembre a última entrevista de Perugini à EPTV
Família destaca ‘legado de muito trabalho e esperança’
Reeleito, Angelo Perugini explica os projetos para o novo mandato em Hortolândia
Repercussão
A morte de Perugini repercutiu no meio político. O prefeito foi lembrado e homenageado por líderes e colegas, entre eles o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o prefeito de Campinas (SP), Dário Saadi (Republicanos), e o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Veja as mensagens.
Angelo Perugini, prefeito de Hortolândia, durante campanha nas eleições de 2020, quando foi eleito pela quarta vez
Reprodução/Facebook
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.