Dezesseis voos de Viracopos, em Campinas, distribuem 'kit intubação' para estados brasileiros


Onze aeronaves decolaram do aeroporto na noite de quinta-feira sexta, enquanto outras cinco viajam na manhã desta sexta. Carga com medicamentos para intubação sai de Campinas para abastecer 25 estados
Ao menos 16 voos com origem no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), transportam medicamentos para intubação de pacientes a outros estados brasileiros. Onze deles já partiram na noite de quinta-feira (25) e os cinco restantes ocorrem durante a manhã desta sexta (26). A previsão é distribuir os ‘kits intubação’ para 25 entes da federação.
A companhia responsável pelo transporte foi contratada pela empresa que faz a logística do Ministério da Saúde. Ao todo, serão distribuídos quatro toneladas de sedativos e bloqueadores neuromusculares. O ministério não informou, até esta publicação, por quantos dias essa quantidade é suficiente para abastecer os hospitais.
Os onze voos que ocorreram durante a noite tiveram como destinos 17 estados, além do Distrito Federal:
Paraná
Santa Catarina
Rio Grande do Sul
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Goiás,
Rondônia
Rio de Janeiro
Espírito Santo
Bahia
Sergipe
Recife
Alagoas
Paraíba
Rio Grande do Norte
Tocantins
Maranhão
Já nesta manhã, os cinco voos restantes levam os kits para Ceará, Amazonas, Roraima, Pará, Amapá, Piauí e Acre. A previsão é que a última aeronave decole às 9h20.
Para os dois estados restantes, São Paulo e Minas Gerais, o transporte será rodoviária, informou o Ministério da Saúde.
Origem
O Ministério da Saúde afirmou que mais de 2,8 milhões de unidades de medicamentos para intubação foram negociados com laboratórios farmacêuticos nesta semana, mas não detalhou se todo o montante está sendo distribuído por Viracopos.
Uma das empresas é a Cristália, que recebeu uma requisição administrativa do ministério para entregar medicamentos. O termo do acordo foi firmado na segunda-feira (22) e o laboratório se comprometeu a fornecer quantidade suficiente para uma semana.
Já a Eurofarma entregará, segundo o Ministério da Saúde, 212 mil ampolas em todo o território nacional. A União Química também enviará, até 30 de março, 1,4 milhão de unidades de medicamentos.
Da União Química, 165 mil doses já foram enviadas ontem para o transporte. Segundo a pasta, o objetivo é garantir o abastecimento desses medicamentos, tanto para hospitais públicos quanto para hospitais privados, no enfrentamento da pandemia.
Aeronave responsável por distribuir ‘kit intubação’ parte do Aeroporto de Viracopos, em Campinas
Reprodução/EPTV
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas