Emdec reforça sinalização em trechos com velocidades variadas em Campinas; veja lista


Mudanças devem acontecer em diversos trechos da cidade com grande fluxo diário de veículos e alta incidência de multas por excesso de velocidade Avenida Princesa d’Oeste é uma que receberá a nova sinalização
Johnny Inselsperger/EPTV
A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) anunciou que vai reforçar a sinalização das placas de trânsito em ruas com trechos de velocidades diferentes e possuem fiscalização por radar. O processo será realizado em etapas e vai começar a partir desta quarta-feira (24).
Em um primeiro momento, serão contemplados seis eixos viários, tendo como critério o fluxo diário de veículos de cada um. Segundo a Emdec, foram selecionados trechos com alto índice de multas por velocidade e taxas elevadas de acidentes.
Para auxiliar na sinalização, a Emdec desenvolveu um novo modelo de placa que destaca a mudança de velocidade da via, como por exemplo: “A partir desse ponto, 50 km/h”. Veja abaixo:
Novo modelo de placas de reforço de redução da velocidade em Campinas
Divulgação / Emdec
Confira os pontos que receberão a nova sinalização:
24/02: Avenida Lix da Cunha (sentido bairro – Centro) – Fluxo de 46,1 mil veículos por dia:
Nova placa indicará redução de velocidade máxima de 70 para 60 km/h.
03/03: Túnel Joá Penteado e Avenida Ruy de Almeida Barbosa (sentido bairro – Centro) – Fluxo de 20,4 mil veículos por dia:
Reforço da placa de velocidade máxima de 40 km/h na entrada do túnel sentido Centro;
No sentido contrário, bairro-Centro, será instalada a placa de reforço, de 60 km/h para 50 km/h.
10/03: Avenida Luís Smanio e Avenida Theodureto de Almeida Camargo (sentido Taquaral) – Fluxo de 18,7 mil e 21,6 mil veículos por dia, respectivamente:
Nova placa alertará a redução de 60 para 50 km/h no trecho paralelo à ciclovia.
17/03: Avenida Comendador Aladino Selmi – CDHU (ambos os sentidos) – Fluxo de 28,3 mil veículos por dia:
Nova placa alertará a redução de 60 para 50 km/h.
24/03: Rodovia Heitor Penteado e Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (sentido Sousas) – Fluxo de 23,5 mil e 14,6 mil veículos por dia, respectivamente:
Nova placa reforçará a redução de 70 para 60 km/h.
31/02: Avenida Antônio Carlos Salles Júnior e Avenida Princesa D’Oeste (ambos os sentidos) – Fluxo de 17,5 mil e 55,4 mil veículos por dia:
Nova placa reforçará a redução de 60 para 50 km/h.
Segunda etapa
De acordo com a Emdec, outros três eixos viários serão contemplados com a nova sinalização, em uma segunda etapa do projeto, a partir do mês de abril. São pontos que contam com ciclovias ou ciclofaixas, onde existe a convivência entre o tráfego comum e ciclistas. Os eixos são: Avenida Cônego Antônio Roccato / Avenida Sylvia da Silva Braga; Avenida Washington Luiz; e Avenida Magalhães Teixeira / Avenida Celso Silveira Resende.
Veja mais notícias da região em G1 Campinas.