GM é recebida com pedradas ao dispersar aglomeração com 1 mil pessoas em Americana


Agentes encontraram carros com som alto e diversos motociclistas sem capacete. Após as agressões, guardas dispararam tiros de bala de borracha, mas ninguém ficou ferido. Guarda Municipal de Americana dispersa aglomeração e é agredida com pedradas e garrafadas
A Guarda Municipal (GM) de Americana (SP) foi recebida com pedradas e garrafadas ao dispersar uma festa clandestina com cerca de 1 mil pessoas na Rua Amélio Éttore Gobbo, no Jardim Paulista, na noite de sábado (1º). Ninguém ficou ferido.
A GM informou que, na noite da ocorrência, recebeu diversas denúncias de aglomeração no local, onde havia carros com som alto e motociclistas sem utilizar capacete. As agressões foram feitas assim que os agentes chegaram por pessoas não identificadas.
“Infelizmente o pessoal ainda continua com a falta de conscientização em relação ao Covid. Quando as equipes chegaram lá, foram recebidas com garrafadas e pedras, como se o pessoal estivesse indo ao local para inibir a diversão, o que não é o caso. Trata-se de uma infração de medida sanitária”, explicou o comandante da GM, Marco Aurélio.
Ainda segundo a instituição, foram necessários disparos com balas de borracha para dispersar a multidão e reestabelecer a ordem. Os veículos que cometeram infrações de trânsito foram autuados e todas as medidas administrativas cabíveis foram tomadas, disse a GM.
Cerca de 1 mil pessoas estavam aglomeradas no local, segundo a GM
Guarda Municipal de Americana/Divulgação
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.