Hortolândia adia retorno das aulas presenciais nas escolas para 12 de julho após piora na pandemia


Nova data foi divulgada pela prefeitura nesta segunda-feira (31) e será publicada no Diário Oficial do município. Cidade de Hortolândia mantém aulas suspensas nas escolas por conta da pandemia da Covid-19
Reprodução/EPTV
A Prefeitura de Hortolândia (SP) decidiu, nesta segunda-feira (31), prorrogar a suspensão das aulas presenciais nas escolas da rede pública de ensino. As atividades tinham previsão de serem retomadas em 14 de junho, mas agora os estudantes só deverão voltar às escolas no dia 12 de julho.
A medida foi tomada diante do agravamento da pandemia da Covid-19 e será publicada no Diário Oficial do município, disse a administração municipal. Hortolândia conta com cerca de 26 mil alunos e 2 mil profissionais distribuídos em 58 unidades escolares da rede municipal.
O número de pessoas internadas para tratar a doença aumentou e há cidades da região de Campinas com fila de espera para vagas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Até a última atualização, Hortolândia já tinha computado 517 mortes de moradores e um total de 14.836 pessoas infectadas pelo coronavírus.
Protocolos sanitários
Quando as aulas forem retomadas, todas as medidas de segurança sanitária para evitar o contágio da Covid-19 permanecerão, como uso de álcool em gel, máscaras de proteção e distanciamento social, conforme determina o Plano São Paulo de enfrentamento da pandemia.
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas