Hortolândia muda esquema de vacinação contra a Covid-19 por conta de alto índice de abstenção


Com a mudança, as pessoas devem procurar um dos locais de vacinação nos dias e horários disponíveis, sem a necessidade de agendamento. 25% das pessoas que agendaram não compareceram. Coronavac e Astrazeneca serão aplicadas em idosos, trabalhadores de saúde e das forças de segurança
Divulgação /Sesapi
A Prefeitura de Hortolândia (SP) alterou o esquema de aplicação das doses da vacina contra a Covid-19. O cadastro continua sendo necessário, mas agora os interessados devem procurar um dos locais de vacinação nos dias e horários disponíveis, sem a necessidade de agendamento.
Segundo a administração, a mudança é por conta do alto índice de abstenção na cidade, já que 25% das pessoas cadastradas não compareciam ao local no dia e horário agendados. A alteração está valendo desde terça-feira (20).
Cadastro
No pré-cadastro é necessário informar nome, bairro, telefone, data de nascimento e CPF. Também é preciso dizer se tem alguma deficiência motora que dificulte o acesso ao local de vacinação.
Após a verificação dos dados com o e-SUS, a pessoa receberá uma confirmação. Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados.
Quem tiver o pré-cadastro negado em virtude de desatualização de dados também pode entrar em contato com a Prefeitura via WhatsApp pelo número (19) 99976-4720. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Dúvidas sobre o pré-cadastro também podem ser respondidas pelos telefones (19) 99976-2276, (19) 99979-9620, (19) 99976-6835 e (19) 99920-3204.
Filas
Questionada sobre a possibilidade de aglomerações em filas nos locais de vacinação, a Prefeitura de Hortolândia respondeu, em nota, que orienta os cidadãos a receber as doses em horários mais tranquilos, como as primeiras horas do dia ou final da tarde. Com relação à perda de prazo para a 2ª dose, a prefeitura diz que cada caso será avaliado.
A administração também destacou que o local da vacinação é amplo e possibilita organizar a fila, caso haja, sem aglomeração, com distanciamento e uso obrigatório de máscaras, além do drive-thru para idosos que tenham dificuldade de locomoção.
Segundo a Secretaria de Saúde, não há expectativa de falta de doses. Até o momento, 12.025 casos e 452 óbitos causados pelo coronavírus já foram confirmados. Pelo menos 31.627 doses da vacina já foram aplicadas em Hortolândia.
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.