Internado com Covid-19, prefeito de Hortolândia tem agravamento do quadro clínico e chance de danos cerebrais


Ângelo Perugini (PSD) está em UTI de hospital de São Paulo há dois meses e estado de saúde é ‘gravíssimo’. Prefeitura informou que exames serão realizados para avaliar ‘impacto na recuperação’. O prefeito eleito de Hortolândia, Angelo Perugini
Reprodução / EPTV
A Prefeitura de Hortolândia (SP) informou, na manhã de desta quinta-feira (1º), que o prefeito Ângelo Perugini (PSD), internado com Covid-19 há dois meses, teve um “significativo agravamento no quadro clínico” e algumas “funções cerebrais podem ter sido afetadas”.
Na segunda-feira (29), a assessoria do governo municipal já havia informado que o estado de saúde do chefe do Executivo era “gravíssimo”.
De acordo com a administração, exames estão sendo realizados para avaliar o real impacto na recuperação. “Pedimos que respeitem os familiares e amigos e, principalmente, ele, que segue lutando pela vida. Continuemos em orações pela sua recuperação”, afirmou o texto da nota.
Inicialmente, o político de 65 anos recebeu atendimento no Hospital Samaritano, de Campinas (SP). Já no dia 3 de fevereiro, acabou transferido para a capital.
Após seis dias, com o agravamento do caso, foi intubado. Segundo a apuração da Globo São Paulo, Perugini está internado no Hospital 9 de Julho.
Afastamento
Em 15 de fevereiro, a Câmara dos Vereadores aprovou o afastamento de Perugini e o vice-prefeito, Zezé (PL), assumiu a prefeitura interinamente.
Perugini foi eleito prefeito pela quarta vez em 2020. Antes, elegeu-se também em 2005, 2008 e 2016.
VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas