Monitoramento de tucunarés conta com auxílio de pescadores esportivos


Pesquisa auxilia na conservação e no crescimento saudável dos indivíduos da espécie. Pesquisadores monitoram tucunarés na Serra da Mesa (GO)
Chico Escolano/TG
Imagine pescar em um dos lagos mais extensos do Brasil e o maior em volume d’água, fisgar tucunarés e ainda colaborar com a ciência. Na Serra da Mesa (GO) os pescadores esportivos são peça fundamental em um monitoramento de tucunarés, organizado pelo Ibama há nove anos.
A ideia é simples: anotar informações como local da fisgada, tamanho e peso dos peixes capturados na região, registrados pelos pesquisadores. De 2021 a 2020 três mil indivíduos foram marcados para levantar dados sobre o crescimento dos animais.
Marcadores ajudam no monitoramento dos peixes
Chico Escolano/TG
O esforço é necessário pois grande parte dos pescadores abatem os maiores e mais pesados tucunarés, devolvendo à natureza somente os pequenos. A prática pode parecer inofensiva, mas impacta diretamente nas futuras gerações da espécie.
Nossa equipe te convida a conhecer detalhes dessa pesquisa e navegar pelo lago atrás dos tucunarés. É amanhã (03/04), às 14 horas, na tela da EPTV!