Moradores denunciam aglomeração em posto de saúde de Paulínia para agendamento de consultas


Pacientes tiveram que enfrentar longa fila para conseguir marcar atendimento na UBS São José, no bairro João Aranha. Veja vídeo. Vídeo mostra filas e aglomeração no Posto de Saúde São José em Paulínia
Moradores de Paulínia (SP) que precisavam marcar consultas médicas na Unidade Básica de Saúde (UBS) São José denunciaram uma aglomeração no local nesta terça-feira (18), em plena pandemia de Covid-19.
O posto, que fica na Avenida Pedro Antônio Bordignon, bairro João Aranha, recebeu muitos pacientes durante a manhã e houve filas. Vídeos enviados para a EPTV, afiliada da Rede Globo, mostram que as pessoas usavam máscara, mas não era possível manter o distanciamento dentro da unidade.
A empregada doméstica Paula Roms é uma das moradores que viveu a situação nesta terça. Desde novembro ela tenta marcar um horário, mas não consegue. Por esse motivo, compareceu às 7h no posto de saúde e ficou horas na fila.
“Eles abrem a consulta uma vez por mês. Aí vira esse tumulto. E muitas vezes não conseguimos marcar o médico. Não é garantia ser marcada a consulta”.
Segundo a prefeitura, a UBS conta com o programa de agendamento “Porta Aberta” para que não seja necessário a espera em filas.
Fila para marcar consulta médica na UBS São José em Paulínia (SP).
Reprodução/EPTV1
As imagens enviadas à emissora foram feitas por Paula por volta das 9h. Às 11h40, ela ainda aguardava para ser atendida. A prefeitura alega que a UBS São José é uma das maiores da rede municipal de saúde e que protocolos para diminuir a circulação de pessoas no interior do prédio foram criados por conta da Covid-19.
A administração municipal também destacou que usuários e profissionais de saúde têm álcool em gel à disposição e o uso de máscara é obrigatório.
O posto, além das consultas e atendimentos de rotina, também realiza a campanha de vacinação contra a Gripe e reserva uma área para o atendimento de pacientes com sintomas respiratórios.
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.