MP faz operação contra tráfico de anabolizantes e interdita farmácias em Campinas e Indaiatuba; há presos


Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Civil fizeram buscas e apreensões em Campinas e Indaiatuba nesta quarta-feira (31). Duas pessoas foram presas e duas farmácias, interditadas. Operação contra tráfico de anabolizantes cumpre oito mandados em Campinas e Indaiatuba
O Ministério Público de Campinas (SP) cumpre oito mandados de busca e apreensão na metrópole e na cidade de Indaiatuba (SP) para combater o tráfico de anabolizantes nesta quarta-feira (31). Três suspeitos foram detidos, sendo dois em flagrante, e duas farmácias foram interditadas até o fim da manhã. Veja no vídeo acima.
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) conta com o apoio das polícias Civil e Militar na Operação Hércules, como foi chamada. A investigação começou há cerca de um ano. A Vigilância Sanitária dos dois municípios também participa da ação.
Remédios e anabolizantes apreendidos em operação do MP e das polícias Civil e Militar em Campinas e Indaiatuba
Reprodução/EPTV
Agentes percorreram cinco locais de Indaiatuba, como farmácias, casas e condomínios – duas pessoas foram presas, entre eles o síndico de um residencial de ato padrão. Três endereços em Campinas também foram vistoriados, sendo uma farmácia – uma pessoa foi detida.
Os suspeitos vão responder por falsificar, corromper ou adulterar produtos com fins terapêuticos e medicinais.
Em uma das residências vistoriadas, anabolizantes e remédios sem receita foram apreendidos. Todos os materiais estão sendo encaminhados às delegacias das duas cidades. A operação segue em andamento durante a tarde desta quarta-feira. Veja a movimentação pela manhã no vídeo abaixo.
Gaeco prende dois suspeitos em operação contra tráfico de anabolizante em Indaiatuba
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas