Operação da Polícia Ambiental fecha carvoaria clandestina em Mogi Mirim


Ação ocorreu nesta quarta-feira (2) em um sítio no Assentamento Vergel, onde a carvoaria funcionava, sem licença. Dono foi multado em R$ 4,2 mil. Carvoaria clandestina é descoberta em Mogi Mirim durante operação da Polícia Ambiental
Polícia Ambiental/Divulgação
Uma operação da Polícia Ambiental fechou nesta quarta-feira (2) uma carvoaria clandestina em Mogi Mirim (SP). O local funcionava em um sítio no Assentamento Vergel, região rural da cidade, e não tinha licença para operar.
Ao todo, 19 fornos para fabricação de carvão vegetal foram encontrados, além do produto já pronto no depósito, que foi apreendido. O responsável foi multado em R$ 4,2 mil.
O dono da carvoaria vai responder pelos crimes de armazenamento de produto de origem vegetal sem licença e por manutenção de atividade com potencial poluição sem autorização.
Carvão pronto para comercialização foi apreendido em carvoaria clandestina em Mogi Mirim
Polícia Ambiental/Divulgação
Operação contra prejuízos ambientais
Desde a última segunda-feira (31), a Polícia Ambiental está trabalhando na operação, denominada Gaia, no estado de São Paulo. As diligências vão até domingo (6).
É parte das ações da semana do meio ambiente. O foco é prevenir e combater crimes ambientais, como queimadas, pesca predatória, desmatamento, garimpagem, caça e tráfico de animais silvestres.
Na região de Campinas, os policiais vistoriaram um total de 15 propriedades, que resultaram em 17 autos de infração ambiental e na aplicação de multas que somam R$ 430 mil.
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas