Policiais militares passam a usar câmeras acopladas ao uniforme em Sumaré e mais três cidades da região


Equipamento grava todas as atividades policiais em tempo real, segundo a corporação. Além disso, tecnologia também pode captar som. Câmeras serão usadas pelos policiais de Sumaré, Hortolândia, Monte Mor e Nova Odessa durante abordagens e ocorrências
Polícia Militar
O 48° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPMI) começou a utilizar, nesta terça-feira (1°), câmeras portáteis para registrar atividades e ocorrências atendidas pelos agentes. O equipamento é acoplado aos uniformes dos policiais e grava em tempo real, além de capturar som.
Segundo o batalhão, o equipamento será usado em Sumaré (SP), Hortolândia (SP), Monte Mor (SP) e Nova Odessa (SP). “Ou seja, todas as abordagens, fiscalizações, buscas, varreduras, acidentes e demais interações com o público são registradas independentemente da ação do policial”, afirma a corporação, em nota.
O G1 perguntou quantas câmeras foram enviadas para o batalhão e se há uma para cada policial, mas não recebeu retorno até esta publicação.
Equipamento é acoplado aos uniformes e grava todas as atividades policiais em tempo real
Polícia Militar/Divulgação
De acordo com a corporação, os equipamentos são uma forma de garantir a produção de provas judiciais durante ocorrências criminais, já que há a coleta de registros de incidentes de violência doméstica e agressões.
Os registros também ajudam a garantir os direitos individuais dos cidadãos. Todas as imagens são captadas por meio de live streaming e o material é armazenado e fica disponível para acesso remoto das autoridades de segurança e judiciais.
Polícia Militar da região de Campinas recebe câmeras portáteis para utilizar durante serviço
Polícia Militar/Divulgação
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas