Sem vagas em UTIs Covid pelo SUS, Campinas registra 209 pacientes à espera de leitos


Todas as 22 estruturas disponíveis na cidade estão alocadas na rede particular. Número de pessoas no aguardo de vaga em enfermaria aumentou 34,2% em 24 horas. Profissional de saúde trata paciente com Covid em UTI
Amanda Perobelli/Reuters
Sem vagas disponíveis nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para Covid-19 pelo Sistema Único de Saúde (SUS), Campinas (SP) registrou 209 pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) à espera de leitos de enfermaria e UTI nesta terça-feira (23).
Acompanhe, dia a dia, a taxa de ocupação dos leitos em Campinas
Com taxa de ocupação geral de 94,75%, a metrópole possui 22 leitos livres, todos alocados na rede privada. Há, ao todo, 397 pacientes internados em UTI, uma diminuição de cinco pessoas em relação ao dia anterior. Nas enfermarias, são 522 leitos ocupados, 13 a mais que o último boletim.
Os leitos estão divididos da seguinte forma, em números absolutos:
SUS municipal: 152 leitos, dos quais 152 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
SUS estadual: 40 leitos, dos quais 40 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
Particular: 227 leitos, dos quais 205 estão ocupados (90,31%). Há 22 leitos livres.
Em relação ao boletim divulgado na segunda (22), há três pacientes a menos na fila por uma estrutura de cuidado intensivo. Em relação aos leitos de enfermaria, porém, o total de pessoas na lista de espera passou de 76 para 102 em 24 horas, um aumento de 34,2%.
VÍDEOS: últimas notícias sobre a região de Campinas
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.