Últimas notícias de coronavírus na região de Campinas em 17 de maio de 2021


Veja a atualização em cada município da área de cobertura do G1. Confira as últimas notícias sobre o coronavírus na região
Hellen Souza/Arte-G1
oo C asos e mortes
A Região Metropolitana de Campinas (RMC) registrou o maior número de beneficiários de planos de saúde dos últimos cinco anos, de acordo com um levantamento da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
O balanço, com números do primeiro trimestre de 2021, apontou que o total de pessoas assistidas por convênios médicos privados de janeiro a março nos 19 municípios é de 1.373.078.
Segundo uma pesquisa feito pelo G1 com base nos dados da ANS, o índice aferido pela agência é o maior em um primeiro trimestre desde 2016, quando haviam 1.382.887 pacientes assistidos. O aumento acontece ainda em meio a pandemia da Covid-19 que, apesar da diminuição de casos e mortes e da retomada de setores da economia, mantém a média de internações alta nas cidades da região.
Ainda segundo o levantamento, o primeiro trimestre com menos contratos ativos de planos de saúde na RMC é o de 2019, com 1.343.785 beneficiários.
No entanto, em outros períodos do ano passado, a agência registrou quedas recorde no número de contratos, por conta da crise econômica provocada pelo coronavírus.
Casos e mortes
Desde o início da pandemia, já foram contabilizados 263.262 registros confirmados e 7.930 vidas perdidas nos 31 municípios da área de cobertura do G1 Campinas.
MAPA: casos de coronavírus pelo Brasil
Coronavírus: veja perguntas e respostas
Visita virtual ao Sirius
O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), que abriga Sirius, superlaboratório de luz síncrotron de 4ª geração, em Campinas (SP), realiza nesta segunda-feira (17) uma visita virtual guiada por dentro do maior investimento da ciência brasileira. O evento celebra o Dia Internacional da Luz, comemorado neste domingo (16).
Durante aproximadamente 1 hora, os visitantes virtuais poderão conhecer o projeto e ver detalhes das primeiras estações experimentais do Sirius, que usam diferentes tipos de técnicas para desvendar a estrutura dos mais diversos materiais em escala de átomos e moléculas.
A transmissão ao vivo está programada para começar às 10h, pelo canal do YouTube do CNPEM.
A transmissão será acompanhada pelo ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC), Marcos Pontes, que, à tarde, deve apresentar o acelerador ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O Sirius desenvolve, entre outros estudos, pesquisas sobre o coronavírus.
Sirius, laboratório de luz síncrotron de 4ª geração, reforça a ciência no enfrentamento do novo coronavírus
Nelson Kon
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas

Initial plugin text
Busque pelo título do caso
Veja mais notícias da região no G1 Campinas