Vacina contra gripe: região de Campinas começa a imunizar idosos e professores nesta terça


Imunizante protege contra a Influenza A (H1N1 e H3N2) e Influenza B. Campinas e Indaiatuba também vão direcionar doses para outros profissionais da educação; veja esquemas. Vacinação contra gripe entra na 2ª fase nesta terça-feira
Daniel Castellano/SMCS
A região de Campinas (SP) inicia nesta terça-feira (11) a segunda fase da campanha de vacinação contra a gripe, direcionada para idosos (mais de 60 anos) e professores das redes pública e particular. Veja abaixo como será o esquema nas cidades mais populosas da área de cobertura do G1 Campinas.
A dose garante proteção contra os vírus da Influenza A (H1N1 e H3N2) e Influenza B. Além disso, contribui para facilitar o diagnóstico de casos positivos da Covid-19, uma vez que podem ocorrer sintomas parecidos, e evita aumento da sobrecarga em hospitais e centros de saúde na pandemia.
As prefeituras destacam que a rede de saúde tem doses disponíveis para quem integra o público-alvo da primeira fase e ainda não recebeu: trabalhadores da saúde, indígenas, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e crianças com seis meses até 5 anos completos.
Considerando-se o andamento simultâneo da vacinação contra a Covid-19, o Ministério da Saúde recomenda que os dois imunizantes não sejam aplicados ao mesmo tempo. Quem estiver apto a receber as duas vacinas deve priorizar a proteção contra o novo coronavírus, e depois contra os vírus da gripe. A orientação é para que seja respeitado um intervalo mínimo de 14 dias entre as doses.
Americana
Público-alvo: 30 mil idosos, e professores (prefeitura diz que não tem estimativa);
Locais: unidades básicas de saúde – clique para conferir os endereços;
Horário: das 8h30 às 16h;
O que levar: os moradores precisam apresentar cartão de vacina, documento com foto e comprovante de endereço. Profissionais da educação também devem comprovar o vínculo empregatício, segundo o governo municipal. A Secretaria de Saúde destaca ainda que é obrigatória a apresentação do cartão de vacinação contra a Covid-19, caso a pessoa já tenha recebido uma ou duas doses do imunizante;
Dúvidas e mais informações: site da prefeitura;
Campinas
Público-alvo: 138 mil idosos e 6,8 mil trabalhadores da área de educação (além de professores, a prefeitura incluiu os funcionários que atuam em outras funções como: secretaria, auxiliar de serviços gerais, faxina, mediação, merenda, monitoramento, cuidador (a), além da direção;
Locais: todos os centros de saúde;
Horário: varia de acordo com cada unidade – clique para consultar locais e funcionamento;
O que levar: não há agendamento, mas todos devem apresentar um documento com foto, e os profissionais da educação também precisam levar comprovante da atuação profissional;
Dúvidas e outras informações: mais esclarecimentos estão disponíveis pelo telefone 156;
Ação especial: por meio de parceria com uma cooperativa médica, a administração vai imunizar idosos e profissionais da saúde no CIS Guanabara, de 12 a 14 de maio. A ação será realizada das 8h às 18h, e o espaço fica na Rua Mário Siqueira, 829, no bairro Guanabara;
Campinas tem baixa adesão à campanha e alerta para imunização de crianças e gestantes;
Hortolândia
Público-alvo: idosos e professores (prefeitura não informou dados dos grupos)
Locais: unidades básicas definidas pela prefeitura – veja endereços e telefones;
Horário: funcionam das 7h às 15h30: Adelaide, Campos Verdes, Figueiras, Nova Europa, Orestes Ôngaro, Santa Esmeralda, Santiago, São Bento, São Jorge, Taquara Branca (terças e quintas) e Amanda I; funcionam das 7h às 16h: Novo Ângulo, Rosolém e Santa Clara; funcionam das 8h às 15h (novos locais): Escola Municipal Amanda I “CAIC”, na Avenida Graciliano Ramos, 698; Ginásio Nelson Cancian, na Rua João Barreto da Silva, 505, Jardim Nova Hortolândia;
O que levar: todos devem apresentar um documento com foto, e os profissionais da educação também precisam levar comprovante da atuação profissional;
Dúvidas e mais informações: site da prefeitura;
Indaiatuba
Público-alvo: 19,6 mil idosos e 1,4 mil profissionais da educação;
Locais: todas as unidades de saúde – clique e veja endereços em “atenção básica”
Horário: das 7h às 16h;
Agendamento/O que levar: os moradores precisam fazer um cadastro no sistema “Minha Vacina” e, para receber o imunizante, apresentar um QR Code gerado após o preenchimento; profissionais da educação também precisam comprovar vínculo empregatício;
Dúvidas e mais informações: pelo site da administração; WhatsApp: 9-9773-4701;
Dia D: a administração fará em 15 de maio uma ação especial para imunizar moradores que integram o público-alvo da primeira fase, idosos e profissionais da educação com menos de 47 anos. Ela será no Centro Esportivo do Trabalhador, das 8h às 17h, e os interessados devem fazer também o cadastro no “Minha Vacina”, e levar documento com foto e comprovante de endereço. A imunização será pelo sistema tradicional (pedestre) e drive-thru (veículo);
Mogi Guaçu
Público-alvo: 16,3 mil idosos e 1,7 mil professores;
Locais: centros de saúde; unidades básicas (UBSs) Zona Sul, Ypê II, Zaniboni I e Martinho Prado; e unidades de saúde da família Eucaliptos, Alto dos Ypês, Guaçuano, Santa Terezinha, Santa Cecília, Jardim Chaparral, Suécia, e Chácaras Alvorada – clique para conferir telefones;
Horário: segunda a sexta, das 8h às 11h, e das 13h às 15h;
O que levar: todos devem apresentar um documento com foto, e os profissionais da educação também precisam levar comprovante da atuação profissional;
Dúvidas e mais informações: site da prefeitura, e Vigilância Sanitária pelo (19) 3461-3338;
Mogi Mirim
Público-alvo: idosos e professores (a prefeitura não informou dados dos grupos);
Locais: todas as unidades básicas de saúde (UBSs) – confira endereços e telefones;
Horário: das 9h às 15h;
O que levar: todos devem apresentar um documento com foto, e os profissionais da educação também precisam levar comprovante da atuação profissional. A Secretaria de Saúde destaca ainda que é obrigatória a apresentação do cartão de vacinação contra a Covid-19, caso a pessoa já tenha recebido uma ou duas doses do imunizante;
Dúvidas e mais informações: site da prefeitura;
Paulínia
Público-alvo: idosos e professores (a prefeitura não informou dados dos grupos);
Locais: unidades básicas de saúde (UBSs) Centro 1, Centro 2, Jardim Amélia, Jardim Planalto, Monte Alegre, Cooperlotes, São José, Parque da Represa e Betel – clique para ver endereços;
Horário: a administração informou que o horário varia, de acordo com a unidade;
Agendamento/O que levar: o agendamento pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo número 156; ou pelo site da prefeitura; todos devem apresentar um documento com foto, e profissionais da educação também precisam levar comprovante da atuação profissional;
Dúvidas e mais informações: portal da administração;
Sumaré
Procurada pelo G1 na tarde de segunda-feira, a assessoria não se manifestou até a publicação.
Valinhos
Público-alvo: 21,4 mil idosos e 1,5 mil professores;
Locais: todas as unidades básicas de saúde e Centro de Especialidades de Valinhos (CEV) – clique para conferir endereços;
Horário: segunda a sexta-feira, das 9h às 11h e das 13h às 15h30 – exceto na unidade da Vila Santana, de segunda e quinta-feira, onde há aplicação de vacina BCG nestes dois dias. Já no CEV, destaca a prefeitura, a aplicação da vacina contra gripe ocorre das 10h às 14h;
O que levar: todos devem apresentar um documento com foto, e os profissionais da educação também precisam levar comprovante da atuação profissional;
Dúvidas e mais informações: telefone 156 e site da prefeitura;
Vinhedo
Público-alvo: idosos e professores (a prefeitura não informou dados dos grupos);
Locais: UBSs Meirelles e Planalto;
Horário: UBS Meirelles, das 12h30 às 18h30, e UBS Planalto, das 17h às 18h30; demais UBSs da cidade aplicam doses no público-alvo da primeira fase das 7h30 às 10h30, exceto a UBS Bela Vista/Comunidade São José – clique para conferir endereços
O que levar: todos devem apresentar um documento com foto, e os profissionais da educação também precisam levar comprovante da atuação profissional;
Dia D: a prefeitura fará uma ação especial nos dias 15 e 16 de maio, nas UBSs Meirelles e Planalto, para imunizar os grupos das duas fases entre 9h e 15h;
Dúvidas e mais informações: site da prefeitura
A campanha
A meta do governo do estado é imunizar contra gripe pelo menos 90% do público-alvo de 18,5 milhões de moradores nas cidades paulistas. A terceira fase começa em 9 de junho e será direcionada para:
pessoas com comorbidades;
pessoas com deficiência (física, auditiva, visual, intelectual e mental ou múltipla);
caminhoneiros, trabalhadores portuários e de transporte coletivo;
profissionais das forças armadas, de segurança e salvamento, e funcionários do sistema prisional;
população privada de liberdade e jovens e adolescentes sob medidas socioeducativas;
Playlist: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.