Vídeo de aula online registra gritos em escola onde aluno fez ameaça com arma de pressão em Americana


Garoto de 13 anos também levou explosivos caseiros para a escola e alvo era a sala da direção. Ele e uma funcionária foram atingidos por disparos de chumbinho e tiveram ferimentos leves. O estudante será encaminhado para a Fundação Casa. Trecho de aula online grava momento em que adolescente começa a disparar em Americana
A gravação de uma aula online registrou parte da confusão no Colégio Salesiano Dom Bosco, em Americana (SP), quando um aluno de 13 anos entrou na instituição com uma arma de pressão e explosivos caseiros nesta segunda-feira (29). O garoto fez disparos com munição de chumbinho e é possível ouvir gritos no vídeo, divulgado nesta terça (30). Assista acima.
“Ele tá com uma arma! Ele tá vindo aqui, chama alguém, ele tá com arma!”, disse uma das pessoas que estavam na escola.
Uma funcionária e o próprio estudante foram feridos pelos disparos de forma leve, encaminhados para hospitais e estão bem, informou a instituição, uma das mais tradicionais da cidade. A escola também afirmou que os protocolos de segurança para proteção dos alunos foram adotados.
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o garoto foi apreendido e será encaminhado para uma unidade da Fundação Casa assim que tiver alta médica.
Polícia apura por que jovem de 13 anos disparou com arma de pressão em escola de Americana
O colégio é particular e abriu normalmente nesta terça, respeitando a capacidade de 30% permitida pela prefeitura na fase emergencial do Plano São Paulo. À reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, pais disseram confiar nos protocolos de segurança da unidade de ensino. Veja a movimentação no vídeo acima.
A Polícia Civil ainda apura o que motivou a ameaça do estudante. O caso foi registrado no 4º Distrito Policial como ato infracional e lesão corporal, falso alarme, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.
Momento da aula online em que estudantes e funcionários relatam estudante com arma em escola particular de Americana
Reprodução/EPTV
Jovem com ‘arma de cano longo’
A Polícia Militar chegou ao local nesta segunda-feira após uma pessoa denunciar que viu o jovem, uniformizado, entrar na escola com “arma de cano longo” e, em seguida, ouvir o barulho de disparo, por volta das 15h30. No momento da ocorrência, estavam na unidade de ensino 15 funcionários e seis alunos.
O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para averiguar os explosivos caseiros. Após o aluno ter entrado como se fosse participar das atividades escolares, subiu ao primeiro andar, acendeu o explosivo e jogou na sala da direção, mas não houve explosão.
Área interna do Colégio Dom Bosco, em Americana
Reprodução / EPTV
Depois, foi ao segundo andar, onde fez os disparos. Segundo a polícia, a arma pertence ao pai do estudante, mas ele não foi localizado pela reportagem para comentar o ocorrido.
Com o adolescente ainda foram apreendidos um martelo e oito garrafas do explosivo, que estavam guardados dentro da capa de um violão e continham pregos, parafusos e chumbos.
De acordo com a SSP, também foram encontrados com ele uma faca, uma picareta, uma bomba pirotécnica, duas bombas artesanais, munições calibres 380 e 357, além de um isqueiro.
A área da escola chegou a ficar isolada até a chegada da PM e do Gate, mas a equipe da capital preferiu não gravar entrevista após os trabalhos.
Área do Colégio Dom Bosco Salesiano, em Americana
Reprodução / EPTV
VÍDEOS: Veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas