Vídeo mostra seriemas “brincando” de bola; entenda o comportamento


Flagrante foi feito em sítio de Serra Negra (SP) onde as aves sempre aparecem; a ‘brincadeira’ na verdade era busca por alimento. Seriema brincando de bola? Entenda o flagrante
Por conta da pandemia, os jogos de futebol com torcida foram suspensos. Mas no sítio da dona Aparecida Kanashiro, em Serra Negra (SP), é possível ver de perto alguns “craques” da bola: comuns na região, as seriemas passaram a ‘brincar’ com bolas no quintal da aposentada, que garantiu alguns registros em vídeo.
“Elas sempre aparecem por aqui, com frequência vejo pelo menos três delas se alimentando no quintal. Quando percebi que estavam brincando com as bolas decidi filmar e compartilhar”, conta a aposentada.
Seriema “posa” para registro do observador de aves
Tiago Mattos/VC no TG
No entanto o comportamento curioso, que durou cerca de 10 minutos e foi flagrado mais de uma vez, está longe de ser uma brincadeira ou passa tempo da ave. De acordo com o ornitólogo Luciano Lima, provavelmente as seriemas confundiram as bolas com alimento.
Onívora, a espécie tem dieta bastante variada. “Se alimenta de insetos e outros invertebrados, pequenos vertebrados como anfíbios, lagartos e serpentes – entre elas, espécies peçonhentas; além de roedores, sementes, frutos, ovos e filhotes de outras aves”, comenta Lima.
Seriema é flagrada com cobra no pescoço; desfecho é curioso!
Seriema é ave símbolo do Estado de Minas Gerais
Luis Artur Rosatti/VC no TG
Típica de ambientes abertos, as seriemas ocorrem no Cerrado, Pampa, Pantanal e ambientes campestres naturais da Mata Atlântica, como os Campos de Altitude. “Bem adaptada às áreas rurais, plantações e pastagens, a espécie chega a ser encontrada próxima de áreas urbanas”, destaca.
De plumagem cinza-amarelada, a ave chama atenção pelo tamanho: atinge altura média de 70 centímetros. Na cabeça, a crista se destaca pelo tufo de penas longas, com cerca de 12 centímetros.
Os olhos dos jovens são amarelados, podendo a cor do bico ser em tom mais escuro do que o dos adultos
Elisa Torricelli/ Vc no TG
Outra característica marcante é a vocalização. Os gritos, altos e de longa duração, podem ser ouvidos a mais de um quilômetro.
E quando se trata de quilometragem, a seriema dá show: quando perseguida, opta por correr, podendo atingir velocidades superiores a 50 quilômetros por hora antes de levantar voo.
Veja também:
Ancestrais das seriemas dominavam as Américas como predadoras vorazes
Por que algumas aves têm cílios?
Seriemas na universidade: alunos e professores monitoram espécie na Esalq