Vigilância interdita e multa 3 comércios que permitiam entrada de clientes para retirada de pedidos em Campinas


Estabelecimentos de alimentos foram autuados em R$ 3.030,88. Retirada dentro do local é proibida na fase emergencial do Plano SP, quando apenas drive-thru e entrega são liberadas. Três comércios de alimentos de Campinas (SP) foram multados e interditados na segunda-feira (23) após serem flagrados permitindo a entrada de clientes para retirada de produtos. A prática não é permitida na fase emergencial do Plano São Paulo — quando apenas drive-thru (sem que o consumidor saia do carro) e delivery são liberados.
A interdição foi determinada pela Vigilância Sanitária. Os estabelecimentos, que ficam nos bairros Vila Progresso, Jardim Antônio Von Zuben e Swift, foram multados em R$ 3.030,88.
Foto de ação de fiscalização e conscientização da Vigilância Sanitária de Campinas (SP) em maio de 2020
Alle Barbi/Prefeitura de Campinas
A fiscalização ocorreu durante todo o dia e percorreu comércios denunciados de forma anônima pela população. Uma padaria que não descumpria as regras da fase emergencial foi interditada por falta de higiene na manipulação de alimentos e por estar em condições precárias de funcionamento.
“O estabelecimento só será liberado quando o proprietário fizer as adequações solicitadas pela Vigilância. A fiscalização esteve em estabelecimentos denunciados pela população por meio do sistema 156”, informou a prefeitura.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas