Como se tornar um piloto de motos profissional, por Marcio Alario Esteves

Marcio Alario Esteves
Marcio Alario Esteves

O motociclismo é uma prática que vem crescendo a cada dia mais por todo mundo e estimula muitas pessoas a se tornarem pilotos. Marcio Alario Esteves, grande entusiasta do mundo automobilístico, conta que se transformar no atleta do esporte de paixão, que é andar de moto, e poder acelerar, sentir a adrenalina e competir é preciso seguir algumas etapas.

Praticar esportes traz inúmeros benefícios para a vida das pessoas. Por isso, levar uma vida esportiva é prazeroso, melhora a condição de saúde e pode trazer uma série de sensações, reações e emoções difíceis de imaginar na mente de quem não participa de uma atividade esportiva. É por esse motivo que o piloto precisa ter uma boa condição física para aproveitar da prática; não adianta ser alguém com espírito esportivo, mas sedentário, por exemplo.

Marcio Alario Esteves explica que um dos principais requisitos é participar da escola de pilotagem, a fim de buscar conhecimentos teóricos, práticos e técnicos sobre a moto e o que pode acontecer em uma corrida. Logo, para obter a carteira de piloto profissional é preciso obter o certificado da escola de pilotagem e frequentar o track day – um evento no qual é permitido ao público conduzir carros ou motos em um autódromo profissional ou pista privada. Quem for menor também pode fazer esse processo, mas só após a autorização do responsável.

A parte mais complicada é a financeira. Para ingressar nesse mundo esportivo é preciso investir muito em bons equipamentos e motos, até encontrar o que mais se adequa a todas as necessidades. Atualmente, algumas marcas oferecem a opção de aluguel, o que é uma vantagem, pois dá para conhecer diversos estilos e modelos de pilotagem. Quando estiver tudo certo, está na hora de competir. Para isso, é importante escolher uma categoria adequada para a moto e o piloto, sempre de uma menor para uma maior, assim aumenta o aprendizado e conhecimento sobre o esporte.

Por consequência, para evitar acidentes e mortes, Marcio Alario Esteves diz que muitos pilotos só podem competir em grandes corridas somente depois de participarem de outras menores, para mostrar que sabem o que estão fazendo quando chegam nas mais arriscadas. Ser piloto é uma experiência poderosa, mas precisa de cautela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui