Greve do INSS: Indaiatuba fecha agência para serviços presenciais após adesão aumentar; perícias são marcadas para fim de junho

Gabriel Bofinit Araújo
Gabriel Bofinit Araújo
5 Min Read

A greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) completa 40 dias nesta segunda-feira (2) e a agência de Indaiatuba (SP), onde são realizados atendimentos administrativos e de perícia médica, amanheceu fechada. Segundo o Sindicato dos Servidores (Sinsprev) informou ao g1, aumentou a adesão de servidores à paralisação.

Ao menos 10 agências da região de Campinas seguem impactadas pela greve de servidores e médicos peritos; e não há previsão para término das negociações e normalização dos serviços – veja municípios afetados abaixo
A unidade de Indaiatuba conta com 19 funcionários administrativos e quatro médicos, além da gerência. No início da mobilização, em março, teve funcionamento parcial dos serviços presenciais e das consultas de perícia. No último mês, no entanto, os quatro médicos suspenderam os atendimentos e somente alguns serviços administrativos estavam sendo realizados.

Pacientes que dependem de perícia médica para obter o benefício do INSS estão conseguindo agendar somente para datas a partir de 24 de junho, informou um servidor da unidade.

A diretoria da agência chegou a sinalizar a intenção de uma retomada total das perícias nesta segunda-feira, mas diante do aumento na adesão dos servidores, não foi viável abrir a agência para qualquer atendimento presencial, explicou o diretor regional do Sinsprev, Cristiano Machado.

Situação da agência de Indaiatuba

19 servidores no total
10 aderiram à greve
3 estão de férias
3 estão de licença médica
3 estão trabalhando, sendo 1 presencial e 2 em teletrabalho
4 médicos peritos sem trabalhar

A unidade realizava, antes da pandemia de Covid-19, uma média mensal de 2.565 atendimentos presenciais. Esse número caiu para 1.095 durante a crise sanitária, também por conta da possibilidade de realizar atendimentos online pelo Meu INSS.

Em relação às perícias médicas, a média era de 30 consultas diárias antes da greve começar.

Servidores e médicos reivindicam reajuste salarial de 19,99% para cobrir perdas salariais dos últimos três anos além de melhorias nas condições de trabalho.

Como está a greve na região?
A região de Campinas (SP) está com ao menos dez unidades da Previdência Social ainda afetadas pela paralisação de servidores e médicos peritos. A greve dos servidores começou em 23 de março e a dos médicos, uma semana depois, no dia 30.

Campinas Amoreiras – adesão total
Campinas Barreto Leme (Centro) – adesão parcial nos serviços e nas perícias
Hortolândia – adesão total
Americana – adesão parcial nos serviços e total nas perícias
Sumaré – adesão total em serviços e perícias
Indaiatuba – adesão total nos serviços e nas perícias
Valinhos – adesão parcial
Mogi Guaçu – adesão total
Socorro – adesão total
Amparo – adesão parcial
Pedreira chegou a suspender totalmente os atendimentos presenciais, de serviços e perícias no início da greve, mas o sindicato atualizou nesta segunda-feira que a situação nesta unidade foi normalizada para a parte administrativa. A entidade apura a situação das perícias.

O g1 aguarda a confirmação também sobre a agência de Espírito Santo do Pinhal, que tinha adesão parcial até o mês passado. A reportagem será atualizada quando a entidade informar.

Muitos dos municípios da região de Campinas não possuem agências, como Águas de Lindóia, Estiva Gerbi, Holambra, Jaguariúna, Lindóia, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Paulínia e Pedra Bela. Nestes casos, moradores dependem dos atendimentos nos municípios vizinhos que possuem unidades da Previdência Social.

Como reagendar serviços?
Baixe o aplicativo Meu INSS na loja do smartphone.
Ligue gratuitamente no 135.
Acesse o www.meu.inss.gov.br para saber se o serviço que você procura tem datas disponíveis.

Como reagendar perícias?
Acesse aplicativo ou meu.inss.gov.br
Coloque os números do CPF e a senha para fazer o login
Clique em “Serviços”
Após fazer o login, clique em “Auxílio-doença”, na aba “Benefícios”
Clique em “Perícia”, e depois em “Remarcar perícia”
Informe o número de documento
Reagende o atendimento para a data de escolha
Outras informações a respeito das perícias podem ser obtidas na Central do INSS, pelo telefone 135. O beneficiário pode ligar das 7h às 22h, de segunda a sábado.

Share This Article
Leave a comment